segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Review: Turok

 

Éééééééééé amiguinhos! de volta ao bom e velho blog. vamos começar aplicando as novas medidas de avaliação.

O jogo é turok, para quem já joga videogame (e na verdade, pra quem não joga também) é uma franquia de "Matar dinossauros Grandões iariariar!"

Perdão pelo meu constante breve momento de insanidade. A série se iniciou no quase bom Nintendo 64 com o nome  "Turok: Dinosaur Hunter" e contava a história de um índio chamado Turok (O Rly?) que precisa capturar um artigo místico, o jogo se passa um um planeta selvagem onde enfrentamos dinossauros (gigantes iariariar!) outras tribos indígenas e os malditos insetos. o jogo teve mais 3 ou 4 sequências no 64 e mais um jogo nos videogames da Geração seguinte.

Mas o Turok em questão está na geração atual de videogames e se trata de um Reboot, na franquia de Jogos.

Neste jogo você assume o papel de um Militar de elite chamado Joseph Turok, que após um incidente com seu pelotão é enviado de volta para operações militares regulares. sua primeira missão é capturar seu antigo líder de treinamento em um planeta selvagem repleto de dinossauros (O Rly²)



Sua nave é abatida antes de Pousar no Planeta, causando um acidente e espalhando toda sua equipe. a partir daí é você contra bandidos que trabalham para o vilão e dinossauros loucos e assassinos.



 Bom vamos parar com o resumo e partir para o Jogo. 


O jogo para mim começou de forma empolgante pois sou um grande fã de Turok o que me fez ficar alegre cada vez que um inimigo novo ou uma nova arma aparecia, depois de um certo tempo o jogo começou a ficar normal e suas falhas começaram a pipocar na tela.

O gráfico é fraco para um Game de nova geração, somente é perdoável por ser um jogo do início do PS3.

A Jogabilidade é bem fraquinha, um dos maiores erros de jogos FPS's é colocar o tiro no R2 é inconveniente demais. A variedade (ou a falta) de armas é brochante, os outros turoks tinham armas de todos os tipos que você podia carregar, nesse jogo, além da pouca variedade você só pode andar com duas armas de fogo(você sempre fica com uma faca e o clássico arco e flecha).
A facilidade para morrer é imensa, e o jogo parece megaman de vez em quando, inimigos não param de vir se você não fizer um determinado movimento

Mas paremos de falar dos contras e falemos dos (poucos) prós.

Matar dinossauros é divertido.

O T-rex é foda!

É basicamente isso...


Depois de zerar cheguei à conclusão de que Turok só merece ser comprado se você for fã de: Turoks antigos, matar dinossauros ou sadomasoquismo


A escala do Jogo é 30 metros e somente por causa da nostalgia de jogar um turok. até a próxima

Um comentário:

José M. disse...

O melhor são os de Nintendo 64

- Turok: Dinossaur Hunter
- Turok 2: Seeds of Evil
- Turok: Rage Wars
- Turok 3: Shadow of Oblivion